quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Quem vai estar lá: Grupo Logos

Quando se conta a história da música cristã no Brasil, é indispensável lembrar alguns nomes : Janires, Sérgio Pimenta, Vencedores Pro Cristo, Grupo Semente, etc...Um desses grupos é o grupo Logos. Criado logo após o fim do grupo Elo, o Logos surgia em 1981 como uma missão, viajando e levando as boas-novas pelo país. De lá pra cá muita coisa aconteceu, muitas pessoas conheceram e foram abençoados pelo trabalho do grupo; mas o mais importante é que o sentimento de missão continua. E lá vão eles, com seu ônibus, evangelizando pelo país.

Ter um trabalho relevante como missão e marcar história musicalmente não é tarefa fácil, mas entendemos um pouco isso lendo o parágrafo final sobre história do grupo em seu web site : "É um trabalho de gratidão a Deus, que vale a pena ser ouvido e visto, sem parar, do começo ao fim, e que retrata o bom gosto e a sofisticação instrumental e vocal somadas às letras de cunho bíblico e poético."


Helga Mendes, uma das integrantes da missão, escreveu um texto sobre o Som do Céu. Leitura agradável, dessas que nos faz lembrar o passado e sonhar com o futuro. Após o texto, um vídeo do grupo Logos interpretando a canção "Portas Abertas". Aproveite!

" Som do Céu

O Som do Céu pra mim começou em 1998 no Congresso Jovem da MPC em Guarapari.Foi onde ouvi falar pela primeira vez sobre esse evento maravilhoso. Sempre gostei muito de música e a minha família sempre foi muito envolvida com nesse ministério e desde aquela data, julho de 98, fiquei na expectativa pelo Som do Céu 99.

É um privilégio poder falar sobre o Som do Céu, um lugar que marcou muito a minha vida em todas as áreas.Tudo que aconteceu ali naquele acampamento teve um significado especial pra mim.

Aquele era um Som do Céu diferente, 15 anos, muitas pessoas que marcaram e ainda marcam a música evangélica estavam naquele acampamento.Mas também existiam pessoas novas, que estavam começando a sua caminhada ministerial.Isso foi uma das coisas que marcou a minha vida, a oportunidade que a MPC dava para que novas pessoas pudessem mostrar seus talentos e dons.

Uma das pessoas que marcou a minha vida naquele Som do Céu de 99 foi o Rique Pantoja. Homem de Deus, simples, com muito conhecimento naquilo que fazia e o fazia muito bem, mas que nunca deixou que isso fosse motivo de orgulho pois reconhecia que tudo vinha de Deus, o autor da vida.

Se eu fosse falar tudo de bom que aconteceu comigo naquele Som do Céu, dava pra escrever um livro. Mas deixo aqui a minha gratidão a Deus pela vida da MPC e pela maneira abençoadora que têm se deixado usar por Deus para impactar e marcar a vida da juventude brasileira. Infelizmente por causa de compromissos com o ministério, nem sempre tenho conseguido ir ao Som do Céu, mas os anos que fui foram tremendamente abençoadores para minha vida.

Deus continue abençoado vocês"
Helga Mendes









Um comentário:

Cristiane disse...

Bate-papo Som do Céu no UOL, sala cruiada por assinante. Corra lá!!!